Notícias

Mulher conduzindo trator de empreiteira da SANEPAR causa acidente no Distrito do Congonhas


Brasil Net

A mulher seria cozinheira dos funcionários da empreiteira que realiza a construção da rede de esgoto no Distrito

Foto: WhatsApp
De acordo com informação, máquina estava sendo utilizada para buscar bebidas em um bar

Uma texto com imagens feitas pelo casal Vagner e Andressa Castilho, moradores do Distrito do Congonhas (12 Km de Cornélio Procópio), tomou as redes sociais na manhã segunda feira.

O casal fez uma grave denúncia contra a empresa que presta serviços na construção da rede de esgoto no distrito, afirmando que uma retroescavadeira, pertencente a empreiteira contrata pela SANEPAR para a execução da obra, estava sendo conduzida por uma mulher não capacitada para operar tal máquina.

A mulher seria uma cozinheira contratada pela empresa, que alugou uma casa no distrito para abrigar seus funcionários até o final das obras, sendo ela a responsável pela alimentação do pessoal.

De acordo Vagner Andressa Castilho, a máquina estava sendo utilizada pela cozinheira para buscar bebidas em um bar e no percurso, acabou se envolvendo em um acidente, vindo a danificar justamente o veículo do casal.

O fato foi filmado pelos moradores do distrito, que afirmam que no momento da colisão contra o carro, a condutora teria alegado que pegou o veículo por conta própria, porém as imagens revelam que um dos encarregados da empresa estava junto com a cozinheira.

 

O casal não informou o dia que teria ocorrido tal situação, mas Andresa escreveu o seguinte relato:

 

“Olha aí meus amigos que situação chega o nosso Distrito de Congonhas. Empresa terceirizada da Sanepar, com encarregado responsável pela obra que libera uma retroescavadeira para a cozinheira dirigir a várias horas do dia e da noite como se fosse uma bicicleta, por tanto hoje chegou ao extremo de vir buscar uma garrafa de 51 e cervejas em um bar localizado em frente à casa do meu namorado, aonde veio a colidir com o meu veículo que estava estacionado em frente à casa, eu tinha acabo de sair de dentro do veículo com a minha família. O estrago só foi material, porém poderia ter sido uma vítima fatal pois havia várias crianças e adultos no local. Peço para que divulgue pois nós do Distrito de Congonhas já vínhamos alertando esse desrespeito com nossa comunidade. E aí se foram anos de economia... Segue o anexo das fotos...”

 

Até a postagem da matéria, tanto a SANEPAR, como a empreiteira contrata não se manifestaram sobre o caso, ficando o Portal Cornélio Notícias à disposição para qualquer  esclarecimento.

 

  


Fonte: *Redação Cornélio Notícias
Novidades Faccrei




Comente utilizando seu facebook