Notícias

Presidente de Câmara de Rolândia é alvo de pedido de cassação após vazamento de fotos íntimas


Brasil Net

Um pedido de cassação foi protocolado depois que um vídeo íntimo de do vereado4r Eugênio Serpeloni circulou pelas redes socais

Foto: Massa News
Na denúncia Eugênio é acusado de quebra de decoro parlamentar

O vereador Eugênio Serpeloni, presidente da Câmara Municipal de Rolândia, pode ter o seu mandato cassado por quebra de decoro parlamentar. Um pedido de cassação foi protocolado pelos deputados Boca Aberta e Boca Aberta Jr., depois que um vídeo íntimo de Serpeloni circulou pelas redes socais.

De acordo com o documento, o vídeo exibe o presidente com a língua para fora e direcionando a câmera do celular até seu órgão genital. Nas imagens, o vereador ainda mostra o seu pênis e diz palavras obscenas.

Na denúncia, os deputados acusam Eugênio de quebra de decoro parlamentar e caracterizam o ato como “atentado à moral e aos bons costumes”, que “deve ser exemplarmente punido pelas leis da casa”.

O presidente da Câmara usou as redes sociais para comentar o assunto. Em uma publicação no Facebook, ele afirmou que a gravação "foi feita em um momento íntimo pessoal" e que não compartilhou o conteúdo com ninguém. Serpeloni alegou também que a denúncia não tem fundamentos, já que o vídeo caracteriza foro íntimo e não tem relação com o trabalho exercido na Câmara Municipal.

De acordo com a assessoria de imprensa da Câmara Municipal de Rolândia, o pedido de cassação foi protocolado nesta segunda-feira (11), mas ainda não tem previsão de andamento do processo.

 


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do da Massa News


Faccrei - vestibular 2019

Comente utilizando seu facebook