Notícias

Contrabandistas instalaram câmeras em frente à PRF para driblar fiscalização


Brasil Net

A Operação Saúva cumpre 10 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão no oeste do Paraná

Foto: Divulgação/PRF
A operação da PF combate o transporte de mercadorias ilícitas no estado

Uma Operação de combate ao transporte de mercadorias ilícitas no Paraná foi deflagrada na manhã de terça-feira (16), pela Polícia Federal (PF). O alvo da Operação Saúva são cinco núcleos criminosos. Cerca de 60 policiais federais estão cumprindo 25 mandados judiciais, expedidos pela 3ª. Vara Federal de Foz do Iguaçu. São 15 mandados de busca e apreensão e 10 mandados de prisão preventiva nas cidades de Foz do Iguaçu, Céu Azul e Santa Terezinha do Itaipu.

De acordo com a Polícia Federal, as investigações foram iniciadas em 2017, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. Os núcleos criminosos atuavam ora independentes e ora em associação dando apoio logístico para armazenamento e transporte de mercadorias contrabandeadas como cigarros e eletrônicos. As organizações disponibilizavam motoristas, batedores e veículos roubados e clonados para o transporte das mercadorias.

A polícia identificou que um dos núcleos investigados mantinha uma central de monitoramento com câmeras de vigilância instaladas em frente a um posto da Polícia Rodoviária Federal para acompanhar a movimentação e driblar a fiscalização. De acordo com a Polícia Federal, esse núcleo criminoso presta apoio a organizações criminosas que atuam também com tráfico de drogas.

A ação de hoje, de acordo com a Polícia Federal, tem dentre os objetivos reunir informações complementares sobre a prática dos crimes de descaminho, contrabando, associação criminosa e tráfico de drogas, além de eventual delito de lavagem de capitais, decorrente da movimentação dos valores vindos das prática criminosas.

 


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações da Agência Brasil
Novidades Faccrei



Comente utilizando seu facebook