Notícias

Policial é investigado por suposto abuso durante abordagem no interior do Paraná


Brasil Net

O vídeo, que viralizou nas redes sociais, mostram o policial dando tapas na cara de um homem em Cambé, na região metropolitana de Londrina

Foto: Reprodução
O homem teria agredido um casal de vizinhos e ainda teria ameaçado de morte os policiais

O 5º Batalhão de Polícia Militar (5º CIPM) abriu um inquérito para averiguar o suposto abuso de um policial militar durante a abordagem de um caso de briga de vizinhos, em Cambé, no Norte do Paraná.

O vídeo, que viralizou nas redes sociais, mostram o policial dando tapas na cara do homem e uma criança assustada gritando diante das agressões.

Em nota, assessoria de imprensa informa que já tomou as medidas necessárias sobre o fato.  "A unidade policial já está apurando as circunstâncias do fato. As imagens estão sem contextualização, mas mostram, de acordo com a unidade, indícios de excesso praticado pelo policial militar que prestou o atendimento. A Instituição lembra que não coaduna com este tipo de situação, assim sendo, vai instaurar um Inquérito Policial Militar, carreando provas, ouvindo as testemunhas que estavam no local, ouvindo a versão do próprio policial, e do homem que aparece nas imagens, para chegar às circunstancias de como isso de seu. Após a apuração, o documento será encaminhado à Vara da Auditoria Militar Estadual, por meio de canal técnico", afirma a PM na nota.

A unidade lembra ainda que o policial militar somente pode utilizar de força no momento da ação de prisão de alguém em flagrante, ou por Mandado Judicial, quando a pessoa resiste: "Além disso, a utilização de força do policial militar deve ser proporcional à reação imposta por aquele que será conduzido",

 Informações do Boletim de Ocorrência apontam que equipe policial foi acionada para atender a uma situação de briga de casal e, chegando ao local, encontrou um homem alterado e embriagado.

De acordo com o boletim, no momento em que a equipe foi contê-lo, ele teria ameaçado que iria atirar “na cara dos policiais."

A esposa dele, por sua vez, afirmou que tinha havido uma discussão por conta de uma desavença com vizinhos.

No local foi relatado ainda aos policiais que este homem teria entrado na casa dos vizinhos e agredido o homem e sua esposa, porque supostamente este vizinho teria “mexido” com sua esposa.

Foram encaminhados à delegacia o agressor e sua esposa como vítima e o casal de vizinhos como vítimas, afirma a PM.

 

Assista ao vídeo:

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Portal Bem Paraná
SEMANA 01 Faccrei