Notícias

Paraná é Ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia


Brasil Net

Ao todo, os Colégios Sesi da Indústria no Paraná levam nove estudantes premiados com 05 medalhas de Ouro, 03 medalhas de Prata e 01 medalha de Bronze, para a pré-seleção

Foto: Adobestock
Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) bateu recorde de inscritos

Em um ano marcado por muitas mudanças e adaptações, especialmente para as instituições de ensino brasileiras, a XXIV edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) bateu recorde de inscritos: mais de 900 mil alunos matriculados em mais de 10 mil escolas de duas mil cidades brasileiras participaram do evento que, pela primeira vez, foi realizado em formato híbrido (presencial e virtual).

A OBA é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB), com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Universidade Paulista (UNIP). Podem participar alunos de todos os anos do Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio em todo território nacional e no exterior, desde que por escolas de língua portuguesa. Com duração de duas horas para o nível fundamental e de três horas para o nível médio, as provas são distribuídas em quatro níveis de dificuldade, com temas pertinentes à grade curricular e respeitando a idade do aluno em relação a série que está matriculado.

Entre os estudantes de todo o Brasil, Ever Felliphe Sousa da Costa, da 2ª série do Ensino Médio do Colégio Sesi da Indústria – CIC, em Curitiba, gabaritou a prova de nível 4, aplicada aos alunos do ensino médio e, além de medalha de ouro, ainda conquistou vaga na pré-seleção para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia de 2022, que será realizada na cidade de Lyon, na França.

Ao todo, os Colégios Sesi da Indústria no Paraná levam nove estudantes premiados com 05 medalhas de Ouro, 03 medalhas de Prata e 01 medalha de Bronze, para a pré-seleção.

No total, são 8.700 alunos de Ensino Médio em todo o território nacional convocados para as seletivas que acontecem, de forma online, nos meses de setembro, outubro e dezembro. Ao lado de Ever, participam outros oito alunos do Ensino Médio dos Colégios Sesi da Indústria do Paraná, medalhistas de ouro, prata e bronze nesta XXIV OBA. Os 200 melhores serão selecionados para um treinamento intensivo, programado para acontecer no mês de março de 2022, no Rio de Janeiro, com provas teóricas, observacionais reais ou em planetário, e de cartas celestes.

 Ao final deste processo, os 40 estudantes com os melhores resultados irão compor as equipes brasileiras para as Olimpíadas Internacionais de Astronomia de 2022: XV IOAA - International Olympiad of Astronomy and Astrophysics, e XIV OLAA - Olimpíada Latino-Americana de Astronomia e Astronáutica.

Além de mostrarem suas habilidades e competências em competições internacionais, o desempenho em olimpíadas do conhecimento está sendo cada vez mais valorizado, possibilitando que alunos com bom resultado neste tipo de seleção também conquistem vaga em instituições de ensino superior.

Ao todo, a XXIV OBA contou com 18.090 estudantes paranaenses inscritos por meio de 384 escolas no Estado e os alunos dos Colégios Sesi da Indústria classificados para a seletiva internacional são de Curitiba, São José dos Pinhais, Umuarama e União da Vitória.

As medalhas serão enviadas pela organização do evento para as instituições de ensino no mês de novembro, quando poderão organizar cerimônia de premiação, de acordo com as condições sanitárias que estiverem em vigor dentro do contexto da pandemia de covid-19.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: *Redação Cornélio Notícias, com informações do Portal Bem Paraná