Notícias

Travesti agride rapaz que não lhe queria dar dinheiro em situação mal explicada


Brasil Net

Além da agressão, a vítima teve o celular roubado

Foto: Ilustrativa
O acusado disse que pegou o celular como garantia após um “programa”

Na manhã de quinta-feira (16), um morador da cidade de Andirá (52 Km de Cornélio Procópio), procurou a Polícia Militar para dar queixa de uma agressão seguida de roubo.

Segundo registrado pela PM, a vítima relatou que se encontrava próximo à linha férrea na Vila Santa Inês, onde um travesti lhe pediu dinheiro e que diante da negativa, acabou sendo agredido por ele e teve seu aparelho celular tomado.

Diante do fato, a PM saiu em patrulhamento, obtendo êxito em localizar o acusado, que ao ser questionado, afirmou que ficou com o aparelho celular do rapaz como garantia de pagamento por um programa sexual.

Assim, ele foi conduzido até o Pelotão de Polícia Militar, onde as partes entraram em acordo, visto o noticiante não manifestar interesse de representação criminal, informou a PM.

CN INSTITUCIONAL


Fonte: Redação CN Notícias, com informações da Polícia Militar